Claudia Andujar: a sobrevivente do Holocausto que há quase 50 anos luta pelos direitos dos ianomâmis

Fotógrafa Claudia Andujar viveu quase uma década com o povo ianomâmi em Roraima, registrando seu cotidiano e sua luta contra a violência, doenças e a destruição da floresta. Em 1974, Claudia fez retratos dos ianomâmi em Catrimani, em Roraima.
Claudia Andujar/Divulgação
Aos 40 anos, em 1971, a fotógrafa Claudia Andujar teve um encontro que mudou o rumo de sua vida.
Nascida na Suíça, Claudia já vivia no Brasil havia 16 anos, tendo construído uma carreira de sucesso no fotojornalismo. Mas naquele início da década de 1970, sua profissão tomou outra direção quando ela fotografou os índios ianomâmi de Roraima para a revista Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!