Filme documenta resistência de Candeia, bamba do samba carioca morto há 40 anos

O nome de Antonio Candeia Filho (17 de agosto de 1935 – 16 de novembro de 1978) foi resistência. Um dos mais fortes pilares das tradições do samba do Rio de Janeiro (RJ), cidade onde nasceu e onde saiu de cena há 40 anos, o compositor de sambas como Luz da inspiração (1975), Testamento de partideiro (Candeia, 1975), O mar serenou (1975), Preciso me encontrar (1976) e Zé Tambozeiro (Candeia e Vandinho, 1978), entre outros, tem a vida e obra militantes documentadas em mais um filme.
Dirigido por Luiz Antonio Pilar, artista de engajamento similar ao do sambista que perfila Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!