Juiz de Los Angeles rejeita ação de assédio sexual de Ashley Judd contra Harvey Weinstein

Atriz poderá prosseguir com processo por difamação, mas segundo juiz, denúncia de assédio sexual não se enquadra na legislação da Califórnia. Atriz Ashley Judd durante conferência na Califórnia, em abril de 2018
REUTERS/Lucy Nicholson
Um juiz de Los Angeles rejeitou nesta quarta-feira a ação de assédio sexual movida pela atriz Ashley Judd contra o ex-produtor de Hollywood e magnata Harvey Weinstein.
O juiz Philip Gutiérrez decidiu que a atriz pode prosseguir com seu processo por difamação, mas que a denúncia de assédio sexual não se enquadra na legislação da Califórnia.
Judd acusa o outrora influente produtor – denunciado por abuso sexual por centenas Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!