Moska vislumbra belezas na pulsão poética e roqueira de autoral álbum de inéditas

Há 25 anos, Paulinho Moska debutava na carreira solo com álbum de pegada roqueira, Vontade (1993). De lá para cá, o cantor, compositor e músico carioca se expandiu pelo universo pop, abriu parcerias, fez conexões com colegas do Mercosul – a ponto de ter gravado álbum com o roqueiro argentino Fito Paez, Locura total (2015) – e nunca parou de sobressair na geração projetada na década de 1990.
Embora esteja em cena desde os anos 1980, como integrante dos grupos Garganta Profunda e Inimigos do Rei, Moska é da turma geracional de Chico César, Lenine e Zeca Baleiro. Este, não Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!