Roberta Sá batiza com nome de samba de roda o disco em que canta músicas inéditas de Gilberto Gil

Giro é o título do oitavo álbum de Roberta Sá – ou nono, se posto na conta o seminal Sambas e bossas, gravado em 2004 para ser distribuído como brinde de empresa e nunca editado de forma comercial.
Em Giro, a cantora de origem potiguar e vivência carioca canta somente músicas inéditas de Gilberto Gil. Giro é uma delas. Trata-se de um samba de roda cedido pelo compositor baiano assim que Roberta decidiu gravar um álbum com o repertório de Gil.
Inicialmente, o projeto previa a mistura de sucessos do cancioneiro do artista com (algumas) músicas inéditas. À medida que Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!