Satanistas processam Netflix e Warner pela série ‘O mundo sombrio de Sabrina’

Seita pede US$ 50 milhões de direitos autorais pelo uso da estátua de Baphomet. Sabrina
Divulgação / Netflix
A seita Satanic Temple processou a Netflix e a Warner Bros. nesta quinta-feira (08) pela série “O mundo sombrio de Sabrina”.
A seita pede US$ 50 milhões (R$ 186,5 mi) pelo uso da estátua de Baphomet na produção. O processo alega que a imagem usada na série tem o mesmo design que a criada pelo templo e pede direitos autorais.
De acordo com o processo, a imagem de Baphomet, deus com corpo de homem e cabeça de bode, foi criada pela seita entre 2013 and Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!